Facebook-icon  Twitter-icon

 

 

 

Na última segunda-feira, 04, o Observatório de Políticas de Atenção à Saúde Mental (OBSAM), vinculado ao Núcleo de Estudos em Saúde Pública do Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares da Universidade de Brasília (NESP/CEAM/UnB), realizou o seminário “Produção de Estratégias Avaliativas com a Rede CAPS do DF”. O seminário apresentou os resultados da primeira pesquisa avaliativa realizada pelo observatório, bem como o resultado do curso de capacitação “Construção de Indicadores para a Qualificação da Gestão e do Trabalho em Saúde Mental”. O curso, ministrado pelo OBSAM, integra a pesquisa avaliativa participativa com a rede CAPS do Distrito Federal, que teve por finalidade qualificar gestores, profissionais e usuários dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS).

 

O evento apresentou os resultados da primeira pesquisa avaliativa realizada pelo observatório, bem como o site do OBSAM

Por Gabriela Lobato

Na última segunda-feira, 04, o Observatório de Políticas de Atenção à Saúde Mental (OBSAM), vinculado ao Núcleo de Estudos em Saúde Pública do Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares da Universidade de Brasília (NESP/CEAM/UnB), realizou o seminário “Produção de Estratégias Avaliativas com a Rede CAPS do DF”.

Compuseram a mesa de abertura Maria da Glória Lima, coordenadora do OBSAM, Ana Valéria Machado Mendonça, coordenadora do NESP, Maria Fátima de Sousa, diretora da Faculdade de Saúde da UnB, Mara Góis, representante do deputado distrital Ricardo Vale, Rita Rabelo, representante da deputada federal Erika Kokay, e Andreia Moreira, representante da coordenação geral de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas do Ministério da Saúde.

O seminário apresentou os resultados da primeira pesquisa avaliativa realizada pelo observatório, bem como o resultado do curso de capacitação “Construção de Indicadores para a Qualificação da Gestão e do Trabalho em Saúde Mental”. O curso, ministrado pelo OBSAM, integra a pesquisa avaliativa participativa com a rede CAPS do Distrito Federal, que teve por finalidade qualificar gestores, profissionais e usuários dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS).

Dentre outras implementações de propostas e ações realizadas pela equipe em 2017, o observatório lançou na ocasião o seu portal. A professora Maria Aparecida Gussi, vice-coordenadora do OBSAM, apresentou o site, o qual ainda está em fase de construção, e destacou a importância da participação de todos os usuários para sugestão de conteúdo.

 

A página oferece mapeamento da rede de atenção psicossocial do DF, desenvolvimento de projetos de pesquisa e extensão, cursos de formação, biblioteca de produções científicas, informações sobre filmes e links de interesse na área. “Procuramos tornar o acesso o mais fácil e intuitivo possível. A ideia é ser um site acessível para qualquer cidadão”, explica Higor, integrante do Centro de Tecnologias Educacionais Interativas em Saúde (CENTEIAS) e colaborador na construção do portal.

Além da exposição do relatório da pesquisa avaliativa participativa, com a construção de indicadores, o evento convidou usuários, profissionais e gestores dos CAPS para apresentarem sua visão sobre o resultado do curso e a aplicação dos indicadores nos processos de trabalho. Para João, membro do grupo dos profissionais, a troca de experiências com os usuários e gestores abriu percepções quanto a institucionalizar indivíduos e criar barreiras dentro das ações de trabalho. “Amadureci muito como profissional, seria importante todos participarem”, afirma sobre os técnicos dos CAPS.

Na oportunidade, a coordenadora do NESP, Ana Valéria Machado Mendonça, enalteceu os 30 anos do núcleo e a satisfação de fomentar o Observatório de Políticas de Atenção à Saúde Mental. Já a coordenadora do OBSAM, Maria da Glória, ressaltou o marco do primeiro ano de existência do observatório, fortalecido graças aos parceiros que contribuíram para suas propostas de ações, com ênfase no fortalecimento da rede CAPS. “Foi um ano de encontro e um ano de compromisso”, afirma.

Educação, Equidade e Saúde
 
Estudos Comparados
 
 
observarh2
 
obteia
 
 
 
 
saudelgbt2
  
oiapss2

Notícias